Saiba como recuperar os créditos tributários das operações em sua empresa

O atual momento dos negócios no Brasil impõe um nível de concorrência muito elevado entre as empresas. A necessidade de fazer mais com menos nunca esteve tão atual. Nesse contexto, a melhoria contínua não se trata mais de uma escolha: quem não mudar a forma de agir e não evoluir, ficará ultrapassado rapidamente. Nesse artigo, apresentaremos formas de ação e evolução sob a óptica tributária. Conforme já afirmamos em textos anteriores, gerir tributos de forma eficaz tornou-se, mais do que nunca, essencial. Por que realizar a investigação da existência de créditos fiscais? A empresa que visa evoluir na sua forma de gerir tributos deve buscar sempre modelos de negócios que sejam mais rentáveis.

Receita Federal e Fiscos Estaduais iniciam fiscalização conjunta.

A Receita Federal, em conjunto com as Secretarias de Fazenda dos Estados do Tocantins, Piauí, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Para, está iniciando nesta semana os procedimentos de fiscalização junto a contribuintes optantes do Simples Nacional, que não efetuaram a autorregularização das divergências identificadas no Alerta do Simples Nacional 3. Foram foco desta edição do Alerta SN as divergências entre o total anual de receita bruta informada no Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – Declaratório (PGDAS-D) e os valores das notas fiscais eletrônicas (NFe) de vendas emitidas, expurgadas das NFe de entrada de

Rotativo do cartão de crédito passa a ter novas regras; veja como fica e saiba tirar vantagem

Não pagar o valor total da fatura do cartão e empurrar a dívida para frente. É assim que funciona o chamado rotativo do cartão de crédito. Parece uma boa saída para quem está sem dinheiro, só que tem a taxa de juros mais alta do mercado: chegou a 481,5% ao ano em fevereiro, segundo os dados mais recentes do Banco Central. Para comparação, os juros do crédito consignado --um dos mais baratos-- eram de 29,5% ao ano no mesmo mês. O grande problema da dívida no cartão é que, a cada mês, são cobrados juros sobre juros, criando uma espécie de bola de neve, que só aumenta. O governo, então, anunciou novas regras para tentar conter esses juros tão altos. As mudanças valem a partir de 3 de abril. Com

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags

© 2020 AUDTAX | AUDITORIA E COMPLIANCE. ORGULHOSAMENTE BRASILEIRO.

comercial@audtax.com.br |    Av. Paulista, 1765, 7°A - Conj. 72 C - São Paulo, SP

                                      Av. Barão Rio Branco, 26 - Rio de Janeiro, RJ

                                   Rua Evangelista de Lima, 931 - Franca, SP 

                                   5301 Conroy Road, Suite 140 - Orlando, FL

  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle