A necessidade de Auditoria Interna nas empresas devido a plataforma de fiscalização da Receita Federal e do Banco Central.

September 23, 2015

Uma auditoria interna fornece uma série de serviços importantes para a gestão da empresa. Estes incluem detecção e prevenção de fraudes, validando o  controle interno e a  verificação da conformidade com a política da empresa e regulamentação do governo. As empresas de todos os portes, inclusive as  menores, podem e devem  ter seus planos  voltados a essa necessidade. Uma pequena empresa simplesmente não pode permitir fraudes fiscais ou tributárias, pois isso pode ser o fator decisivo para o fechamento da empresa. Imagine uma multa  do governo !

 

Estabelecer uma função de auditoria interna oferece um passo vital para o crescimento das empresas de todos os portes.

 

Fraude.

 

Pequenas empresas perdem milhões  todos os anos por vários tipos de fraude.

Fraudes podem ser cometidas por funcionários ao incluirem pagamentos errados, adulteração de números, uso indevido de cartões de crédito da empresa, folha de pagamento mal calculadas, transações impróprias e etc  

Muitos proprietários de pequenas empresas acreditam que não têm uma equipe para criar uma política de auditoria interna ou realizar auditorias para combater esses problemas. No entanto, mesmo com uma pequena equipe, uma pequena empresa pode criar um programa para monitorar os funcionários e seus comportamentos. Uma política de  auditoria das transações financeiras podem  inibir o mau uso dos recursos da sua empresa

 

Monitoramento de Controles Internos.

 

Uma política de auditoria interna formal, examinando as políticas e procedimentos em uma base regular, garante que a empresa minimize sua exposição à fraude e outras perdas. Uma política de crédito com intenção de reduzir a inadimplência deve ser projetada.

 

Auditoria Operacional.

 

Auditorias operacionais examinam as práticas de uma empresa, ao invés de suas finanças. É o seu negócio a funcionar com a máxima eficiência?

Uma auditoria operacional pode revelar ineficiências demonstrando burocracia  de forma desnecessária.

Descobrir que você não está cumprindo uma regulamentação do governo antes de que o governo descubra,  evita multas ou outras ações legais. Um negócio em rápida expansão precisa ser monitorado. Auditoria interna realiza um serviço vital em rever estas funções.

 

Receita Federal está muito bem preparada.

 

T-Rex, um supercomputador que leva o nome do devastador Tiranossauro Rex, e o software Harpia, ave de rapina mais poderosa do país, que tem a capacidade de aprender com o 'comportamento' dos contribuintes para detectar irregularidades. O programa vai integrar as secretarias estaduais da Fazenda, instituições financeiras, administradoras de cartões de crédito e os cartórios.

 

A Receita Federal do Brasil (RFB) desenvolveu, em conjunto com pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), aplicativos que utilizam técnicas de inteligência artificial nas operações do órgão. Com apoio do Serpro, os primeiros módulos do sistema já estão em funcionamento nas instalações da Empresa na Regional São Paulo.

 

O novo banco de dados da Receita vai armazenar informações sobre as empresas e seus negócios, como tributos recolhidos por ela e seus sócios, exportações e importações realizadas, ocorrências de falhas nas operações de compra e venda no mercado externo e até se há envolvimento com atividades ilícitas, como contrabando de armas e narcotráfico. Esses dados vão compor um histórico de cada contribuinte.

 

 

Monitoramento de contas bancárias pelo Banco Central do Brasil.

 

É importante que você tenha conhecimento que suas contas bancárias estão sendo monitoradas pelo Governo.

Um grande software, o cérebro eletrônico mais poderoso de Brasília, fiscalizará as contas bancárias de todos os brasileiros e suas empresas.

O sistema trabalha sem cessar no quinto subsolo do Banco Central. Um supercomputador instalado especialmente para reunir, atualizar e fiscalizar todas as contas bancárias das 182 instituições financeiras instaladas no País.

Seu nome oficial é Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional - CCS na sigla abreviada.

A primeira carga de informações que o computador recebeu durou quatro dias.

Ao final do processo, ele havia criado nada menos que 150 milhões de pastas - uma para cada correntista do País, interligadas por CPF's e CNPJ's aos nomes dos titulares e de seus procuradores.

 

O sistema que logo estará operando com todos os seus dispositivos, é considerado um dos mais modernos e eficientes já construídos no mundo. E é composto por um banco de dados, formado por meio da Nota Fiscal Eletrônica, Sped Contábil, Sped Fiscal, conhecimento de Transporte Eletrônico, informações sobre atividades imobiliárias e operações com cartões de crédito e também das DIRF's, RAIS, Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica e Física, entre outros mecanismos que ainda estão sendo criados e implantados. A supermáquina antissonegação, criada para fechar todas as saídas para quem sonega impostos, forma um ciclo de 30 meios de informações que se cruzam na Receita.

 

Tendo em vista esse arsenal, que vem sendo continuamente reforçado para aumentar o poder dos órgãos fazendários, recomenda-se que o contribuinte promova revisão dos procedimentos e controles contábeis e fiscais praticados nos últimos cinco anos. A Receita está trabalhando mesmo!

De acordo com pesquisas efetuadas para a elaboração deste artigo, constatamos  que as organizações passaram a dar importância à auditoria interna depois de terem recebido uma fiscalização. Perceberam que a auditoria interna é uma ferramenta essencial que auxilia a alta administração com informações exatas e ajuda no controle e na elaboração de controles contábeis, financeiros e de outros tipos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

BC limita tarifa de uso do cartão de débito para reduzir custos no comércio

September 27, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo