© 2019 AUDTAX | AUDITORIA E COMPLIANCE. ORGULHOSAMENTE BRASILEIRO.

comercial@audtax.com.br |    Av. Paulista, 1765, 7°A - Conj. 72 C - São Paulo, SP

                                      Av. Barão Rio Branco, 26 - Rio de Janeiro, RJ

                                   Rua Evangelista de Lima, 931 - Franca, SP 

                                   5301 Conroy Road, Suite 140 - Orlando, FL

  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Break-even: Entenda importância, e saiba como calculá-lo

August 4, 2015

Break-even (lê-se breikíven) é uma expressão inglesa que designa um ponto de equilíbrio nos negócios em que não há perda nem ganho, nem lucro nem prejuízo. Para o investidor, o break-even é o ponto a partir do qual ele deixa de perder dinheiro e passa a ganhar e equilibrar o capital investido. Considera-se que nesse ponto não há ganho nem perdas. A expressão Break-even Point (BEP) é utilizada em Economia e Finanças para indicar o Ponto de Equilíbrio entre as despesas e receitas de uma empresa. 

 

Quando os cálculos indicam que empresa atingiu o ponto de equilíbrio isso significa que os custos e as despesas totais são iguais à receita total, ou seja, a empresa não teve lucro nem prejuízo. Acima desse ponto, os resultados da empresa serão positivos e indicam lucro, pois todas as despesas são pagas e ainda sobra receita. 

 

Por outro lado, se as contas da empresa indicam valores abaixo do ponto de equilíbrio significa que a receita obtida não foi suficiente para pagar custos e despesas, então há prejuízo.

 

O Break-even Point é uma ferramenta importante para a empresa, pois além de permitir a análise de viabilidade de um negócio, também possibilita o controle dos resultados.

Há uma quantidade razoável de estudos que demonstram como efetuar o cálculo. Para tanto, é necessário, num primeiro momento, conhecer os fundamentos básicos de classificação dos custos e despesas.        

Qual a quantidade de vendas  que preciso atingir  para que meu negócio seja lucrativo? É fundamental entender o relacionamento entre suas receitas e seus custos, ou seja, quais custos aumentarão ou, se manterão quando houver um aumento no volume de vendas?  Qual o preço a ser praticado para que eu recupere meus custos? Vamos avaliar alguns destes aspectos, e analisar se estamos considerando todos os elementos da equação.

 

Custos variáveis

Os custos variáveis correspondem basicamente ao custo para produzir seu produto ou para executar seu serviço. Quanto mais você vender, maiores serão seus custos variáveis.

 

Custos fixos

Alguns custos se mantêm independentemente do seu volume de vendas. Aluguel é um bom exemplo de custo fixo.

 

Volume de Vendas

Corresponde ao montante obtido pela comercialização dos seus produtos ou serviços.

 

Margem de contribuição

A margem de contribuição representa o custo variável necessário para produzir uma unidade. A sua determinação é bastante simples: subtraia os custos variáveis do valor de venda. A margem de contribuição representa quanto cada produto gera para cobrir as despesas fixas e a margem de lucro. Serve também como parâmetro, para o empresário definir quanto ele precisa receber para pagar os custos adicionais ao investimento já existente: os custos fixos.

 

Determinação do Break Even Point

A formula é simples: o valor dos custos fixos deverá ser dividido pelo resultado obtido pela divisão doscustos variáveis divididos pelas vendas subtraído de 1. Vamos usar o exemplo abaixo para efetuarmos um cálculo:

 

Breakeven  baseado em custos totais

 

Custos fixos: R$ 1.000,00

Custos variáveis: R$ 800,00

Vendas: R$ 10.000,00

Assim teríamos: R$ 1.000,00/ (1- R$ 800,00/ R$ 10.000,00), obtendo como resultado R$ 1.087,00.

Sendo assim, R$ 1.087,00 seria o valor que determinaria o ponto de equilíbrio na operação, onde os lucros são nulos, tornando-se positivo para valores superiores e negativos para valores inferiores. 

 

Breakeven baseado na margem percentual

 

A margem bruta é o excesso de receitas sobre os custos variáveis:

A receita total de vendas – os custos variáveis totais = margem bruta.

O percentual de margem bruta é calculada da seguinte forma:

Percentual de margem bruta = (preço de venda – custos variáveis) / preço de venda.

Uma outra maneira de aplicar a fórmula para calcular o ponto de equilíbrio é baseado no percentual de margem bruta:

 

Breakeven point = Total de custos fixos / Percentual de margem bruta.

 

Outra derivação da fórmula para o cálculo do ponto de equilíbrio com base no percentual de margem bruta é determinar o volume de vendas que você deve gerar, para alcançar o percentual de ganho de receita acima do breakeven point, de acordo com a seguinte fórmula:

As vendas que devem ser realizadas = breakeven point + Custos variáveis como porcentagem de vendas no ponto de equilíbrio + percentual de margem desejado acima do ponto de equilíbrio.

 

Breakeven Point sobre o número de unidades

 

Para determinar o número de unidades que você deve vender para atingir o breakeven point, você usaria a seguinte fórmula:

Número de unidades = custos diretos totais / (preço unitário de venda – custo variável unitário).

 

Com base apenas na margem que cada produto ou serviço, o gestor financeiro pode decidir se concentra mais recursos sobre os produtos ou serviços mais rentáveis, e até mesmo interromper a venda daqueles que não atingem o ponto de equilíbrio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

BC limita tarifa de uso do cartão de débito para reduzir custos no comércio

September 27, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo