© 2019 AUDTAX | AUDITORIA E COMPLIANCE. ORGULHOSAMENTE BRASILEIRO.

comercial@audtax.com.br |    Av. Paulista, 1765, 7°A - Conj. 72 C - São Paulo, SP

                                      Av. Barão Rio Branco, 26 - Rio de Janeiro, RJ

                                   Rua Evangelista de Lima, 931 - Franca, SP 

                                   5301 Conroy Road, Suite 140 - Orlando, FL

  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Ciclo Operacional e Ciclo de Caixa, qual importância deles?

February 9, 2017

A saúde financeira de uma empresa é afetada por diversos fatores alheios aos seus desejos. Além de fatores internos – como competência gerencial e nível tecnológico, por exemplo – há os fatores externos, cuja lista engloba decisões governamentais, conjuntura econômica, concorrência, entre outros.

 

Um grande número de empresas possui dificuldade em avaliar suas situações econômicas e financeiras. E isso, como você deve concordar, dificulta no processo de tomada de decisão. Uma decisão incorreta, ou fora do timing, é uma das principais causas para o insucesso de um negócio.

 

O Ciclo Operacional e o Ciclo de Caixa são obtidos através dos Indicadores de Atividade da empresa, ou seja, prazo médio de estocagem (PME), prazo médio de recebimento (PMR) e prazo médio de pagamento (PMP).

 

O ciclo operacional é a soma do PME + PMR, portanto é a soma do período em que a empresa comprou o produto e o mesmo ficou armazenado em estoque acrescentando o período que a empresa demorou para receber o valor pelo produto vendido. PMP é o tempo médio que a empresa demorou para pagar seus fornecedores. Ciclo de Caixa é obtido da seguinte maneira: Ciclo Operacional – PMP = Ciclo de Caixa

 

Situação 1: Supondo que uma empresa obteve um PME de 30 dias e um PMR de 35 dias, chegamos a um Ciclo Operacional de 65 dias. Se esta empresa obteve PMP de 25 dias isso significa que o seu Ciclo de Caixa foi de 40 dias, ou seja, a empresa vai receber suas vendas com 65 dias, mas vai pagar seus fornecedores com apenas 25 dias, neste caso a empresa precisará de recursos para financiar os seus clientes durante 40 dias.

 

Quanto menor for o Ciclo de Caixa melhor será para a empresa, no caso exposto anteriormente a empresa precisa melhorar o seu desempenho, reduzindo seu PME e seu PMR para assim diminuir seu Ciclo Operacional, ou conseguir com os fornecedores um maior prazo na compra de produtos (PMP).

 

Situação 2:  Supondo que a empresa obteve PME de 10 dias e PMR de 30 dias, chegamos a um Ciclo Operacional de 40 dias, supondo que o PMP da empresa foi de 45 dias chegamos a um Ciclo de Caixa de ( – ) 5 dias, isso significa que os cliente estão sendo totalmente financiados pelos fornecedores, a empresa está comprando, estocando, vendendo e recebendo o valor de suas vendas para só depois pagar seus fornecedores. Este caso apresenta a melhor situação para a empresa, mas caso não seja possível ter um Ciclo de Caixa negativo, a empresa precisa reduzi-lo o máximo possível.

 

É importante para a empresa, sempre buscar alternativas que resultem em ciclos financeiros reduzidos, observando sempre as limitações do mercado e o setor econômico inserido. 

Com ciclos menores temos o aumento do giro de negócios, proporcionando maiores retornos sobre os investimentos. No exemplo acima temos um ciclo financeiro de 72 dias, isso significa dizer que durante 1 ano (360 dias) a empresa gira 5 vezes. Observe que após o pagamento a fornecedores, a empresa começa a financiar suas atividades com seu próprio capital de giro. Abaixo temos a diminuição do ciclo financeiro estendendo o pagamento a fornecedores de x' para x''. Outras medidas seriam a antecipação de vendas e de seus respectivos recebimentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

BC limita tarifa de uso do cartão de débito para reduzir custos no comércio

September 27, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo